Inicial > JORNAL DEROLÉ > Estudantes da UFGD pedem apoio ao senador Delcídio ‘Pela Vida da Figueira’

Estudantes da UFGD pedem apoio ao senador Delcídio ‘Pela Vida da Figueira’

Com o objetivo de provar suposto valor histórico-cultural da figueira cinquentenária, estudantes pedem apoio ao senador Delcídio

A apresentação do projeto aconteceu no cineauditório da Unidade I da UFGD – Foto: Wender Carbonari

A apresentação do projeto aconteceu no cineauditório da Unidade I da UFGD – Foto: Wender Carbonari

Na última sexta-feira, durante a apresentação do projeto de Expansão da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) no cineauditório da Unidade I, os estudantes do “Movimento pela vida da Figueira” entregaram por escrito ao Senador da República, Delcídio do Amaral (PT/MS), um manifesto requerendo a colaboração do político às reivindicações dos estudantes.

O “Movimento” estava representado pelo Estudante de Biologia da UFGD, Guilherme Ribeiro Martins dos Santos que entregou o manifesto em mãos e explicou ao Senador a situação da árvore cinquentenária de Dourados. Delcídio declarou apoio ao movimento imediatamente e completou dizendo que “adora” figueiras e que, inclusive, tem uma árvore da mesma espécie em frente a sua casa.

Os estudantes da UFGD que participam do movimento têm até o fim desta semana para terminar de elaborar um estudo que comprova o suposto valor histórico-cultural da árvore. Isto impedirá que o Instituto Municipal de Meio Ambiente libere uma nova autorização de corte. Caso o trabalho não seja concluído, ou não contenha argumentos necessários para provar o valor cultural da árvore para a cidade, a empresa responsável pela obra poderá retirar a liberação e continuar o trabalho iniciado mês passado.

 O caso

No dia 26 de setembro, os estudantes impediram o corte da figueira localizada na Avenida Weimar Gonçalves Torres com a Toshinobu Katayama. Segundo os manifestantes, Figueira possui valor histórico-cultural para Dourados, e por isso não deve ser tombada.

Após reuniões realizadas no auditório na sede do IMAN entre o Promotor de Justiça Paulo Zeni, os estudantes do movimento, os advogados da empresa proprietária do terreno, do presidente do Condam e da secretária de Meio Ambiente, Valdenise Carbonari Barbosa, foi estipulado aos estudantes o prazo de 10 dias para que fossem realizados os estudos comprovando as suposições dos mesmos.  

Manifesto de Apoio

A/C

Sr. Senador Delcidio do Amaral

 Nós, munícipes da cidade de Dourados, Mato Grosso do Sul, viemos solicitar um pedido de apoio ao Sr. Senador da República Delcidio do Amaral. Somos um grupo de estudantes que nesses recentes dias, estamos defendendo uma árvore cinquentenária na cidade, sendo esta a “Figueira”. O IMAM (Instituto Municipal de Meio Ambiente de Dourados) autorizou o corte da referida árvore, sendo que este espécime foi plantado e cuidado pelos pioneiros da cidade de Dourados, com seu valor histórico-cultural para o município. O grupo de estudantes que se intitula de “movimento pela vida da Figueira”, juntamente com a sensibilização da sociedade douradense, conseguimos através do Ministério Público Estadual (MPE) evitar o corte da árvore cinquentenária por alguns dias, até que possamos comprovar o valor histórico-cultural da árvore para a cidade de Dourados. Sendo assim, nós do “movimento pela vida da figueira” viemos solicitar apoio ao movimento para constar nos documentos que definiram o destino da árvore centenária dos cidadãos douradenses.

 Movimento pela Vida da Figueira 

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: