Inicial > JORNAL DEROLÉ > Mais um capítulo: descaso com a educação, desrespeito com professores, pais e alunos

Mais um capítulo: descaso com a educação, desrespeito com professores, pais e alunos

“Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda.”
( Paulo Freire )


Manifestação do dia 26 de setembro no pátio da prefeitura - Foto: Wender Carbonari

Manifestação do dia 26 de setembro no pátio da prefeitura - Foto: Wender Carbonari

Por Wender Carbonari

Mais uma medida desastrosa de nossa administração mostra o descaso com a educação municipal de Dourados.  Na quinta-feira foi entregue um comunicado a todos os diretores das escolas da rede municipal de ensino informando que após o dia “1º de novembro não será realizado mais contratos de professores substitutos”.

Vou explicar: o professor Fulano da Silva fica doente no dia 2 de novembro. O mesmo apresenta atestado médico e tira licença de duas semanas. A administração municipal, responsável pela contratação de professores, não colocará ninguém para suprir a ausência (justificada e assegurada por leis trabalhistas) e as crianças não terão aula, vão voltar (muitas delas até feliz da vida) para suas casas.

Não bastaram as decisões da prefeitura no começo deste mês de outubro. Essa medida veio como uma bomba para retratar o tubarão comendo um peixinho. É a lei do mais forte, amigos. Corte de despesas para consertar um equívoco administrativo. Deu merda, alguém têm que se fu.., digo, alguém tem que se dar mal. Como é de praxe no Brasil, esse indivíduo é o trabalhador.

O comunicado foi entregue um dia antes do ponto facultativo decretado pelo governo estadual. Com uma cara de pau inigualável, estava escrito no documento “colocamo-nos à disposição para esclarecimento”, disposição? Esclarecimento? Está tudo parado! Todos viajando.

O presidente do Sindicado dos Trabalhadores em Educação, José Carlos Brumatti, se deslocou nesta manhã até a sede do Ministério Público Estadual para formalizar uma denúncia de “crime de responsabilidade”. O MPE também está fechado.

Nos próximos meses, cerca de 90 projetos municipais relacionados a cultura e esporte que foram implantados nas escolas nos últimos anos serão cortados para equilibrar a folha de pagamento. E o NACE? Programa educacional, também mantido por verbas do município, porém, conveniado a empresas particulares de Dourados. Esse permanece intocável. Porque não cancelou? É o que vou perguntar ao Secretário de Educação quando ele voltar de viagem.

“Se você acha que a educação é cara, tenha a coragem de experimentar a ignorância.”
( Derek Bok ) 

Comunicado

Comunicado


Anúncios
Categorias:JORNAL DEROLÉ Tags:
  1. cazuza
    outubro 31, 2011 às 6:42 pm

    cuidado……o seu patrão vai manda-lo tirar esta reportagem do ar…….falar a verdade é crime….!!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: