Início > JORNAL DEROLÉ > A culpa é de quem?

A culpa é de quem?

Por Wender Carbonari.

Quando falamos em caos na saúde em Dourados, uma pergunta complicada de ser respondida é essa: a culpa é, exatamente, de quem?

Analistas, secretários municipais e estaduais, vereadores, prefeitos, governadores, deputados, diretores, ninguém responde. Não será o blog De Rolé o salvador da pátria. Mas algo podemos afirmar: a população de baixa renda, os mais fu****, é que se dão mal no final da história.

É um clichê, tudo bem. Mas se o sistema saúde não está bem das pernas (o que é um requisito mínimo para que uma cidade ofereça uma vida digna aos seus munícipes), e falar disso já é até “encher o saco” dos mais impacientes, é porque algo está muito errado.

Dourados é uma “mina de ouro”. Pergunta para o Cido Medeiros (DEM) que multiplicou (milagrosamente) 1600% seus bens declarados após se sagrar vereador da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul.  Passei a acreditar em milagres depois que li isso.

Mas se o HU (Hospital Universitário) oferecesse um bom serviço e não estivesse prestes a suspender atendimentos e desativar alguns leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), o blog não classificaria o milagre da multiplicação dos vereadores da cidade tão revoltante. E sim como uma palhaçada corriqueira.

O HU está em colapso, e quem disse isso é o Wedson Desidério, diretor do hospital. Está nítido que precisam de um repasse maior para continuar trabalhando. A informação é que o governo federal e o estadual concordaram em aumentar a grana que deve ser passada para o hospital por mês, mas a prefeitura precisa de uma documentação assinada pelas duas esferas para que o município comece a se adequar.

A secretária de Saúde de Dourados, Silvia Bosso, não atendeu as ligações da reportagem do De Rolé na manhã desta segunda-feira (30). Ela não atendeu o celular (novidade).

Enquanto isso, candidatos colocam em suas propostas de governo, ações que não fazem nem parte das competências do cargo preterido. Por outro lado, cidadãos esperam que nossas autoridades façam, pelo menos, o necessário. Somente os candidatos a prefeito da cidade vão gastar algo em torno de 5,6 milhões para depois se isentar de responsabilidades. O HU mendiga um repasse mensal de 3,3 milhões. Dourados não é circo e douradense não é palhaço.

Jornal De Rolé

Anúncios
Categorias:JORNAL DEROLÉ
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: