Inicial > JORNAL DEROLÉ > O bizarro MS – Politicando

O bizarro MS – Politicando

Wender Carbonari/Jornal De Rolé

Deputado Biffi em Dourados - Foto: Wender Carbonari/DeRolé

Deputado Biffi em Dourados – Foto: Wender Carbonari/DeRolé

Com o ano já na reta final, as discussões e especulações sobre as Eleições 2014 começam tomar conta do eleitorado sul-mato-grossense. Para os que não são chegados nestes assuntos – ou é chegado, mas nem tanto,  o De Rolé está aqui para lhe apresentar os primeiros movimentos.

Três

Existem três forças no Estado – grupos formados por partidos que devem compor as coligações para as eleições do ano que vem. Estes grupos são encabeçados pelo PT, pelo PSDB e, claro, PMDB do Puccinelli. Por enquanto, o que é discutido pelos articuladores são as possíveis alianças que deverão ser feitas para as disputas.

Vestiário

Aproveitando a analogia do deputado  federal Biffi, que visitou Dourados na tarde de hoje (22/11), “o jogo nem começou, estamos todos no vestiário ainda”. Ou seja, tudo pode acontecer, ou não acontecer, até maio do ano que vem. Mas o cidadão sul-mato-grossense deve estar atento a estas conversas iniciais para depois saber porquê o cara é candidato e, mais que isso, como se tornou candidato.

Alianças

Falam até de uma possível aliança PT&PSDB (pode isso Arnaldo) para derrubar o grupo que está há quase oito anos a frete do Executivo Estadual no MS. Proposta politicamente bizarra, já que, em nível nacional, o PSDB é o principal opositor do governo Dilma – que tem como vice o Michel (PMDB).

Bizarro

As possibilidades são tantas – entre elas (a menos provável) de um embate entre as três coligações o que levaria a um desempate no segundo turno, que parece que não há, de fato, uma briga política, mas um amontoado de acordos, favores, trocas e tapinha nas costas para que todos fiquem bem. Mesmo pensando na governabilidade – porque não basta ganhar a eleição, tem que haver condições (apoio) para governar (né Bernal), muitas atitudes de nossos representantes não traz vantagem alguma à nossa fragilizada democracia.

Bizarro mesmo

O deputado Biffi, em Dourados nesta tarde, não descartou a possibilidade do PT puxar o Democratas para seu grupo, dando ao Zé Teixeira a condição de vice do candidatíssimo Delcídio do Amaral ao Governo do Estado. (é depois dessa, só o ponto final parece coerente)

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: